Skip to main content

Você tem Sorriso Invertido?


Hoje vamos falar sobre o Sorriso Invertido. Esse é um tema super comum na odontologia estética.

Muitos dos pacientes que vem até a Clínica Renata Avighi, em Piracicaba, com a queixa de desarmonia no sorriso, tem esse problema, mas desconhecem o que exatamente ele é.

O Sorriso Invertido ocorre quando o paciente não tem a curvatura correta do sorriso. Mais precisamente a curvatura invertida, ao contrario da ideal. Muito comumente, o paciente que quer transformar o sorriso apresenta uma curvatura invertida.

A harmonia do sorriso vem quando a ao traçar as linhas da face, os dentes seguem uma curvatura padrão, a que nosso subconsciente interpreta como bonito. Da mesma forma que há a simetria facial, existe também a simetria dos dentes.

A posição adequada deles na face e a proporção ideal entre eles. Quando esse padrão é respeitado, mesmo não sendo especialista na área, é possível achar esse sorriso bonito, em caso contrario, quando as linhas não estão adequadas, normalmente interpretamos como feio ou envelhecido o sorriso.

Os dentes da frente precisam ser um pouco mais compridos que os outros. Deve haver uma curvatura ascendente que vai subindo até os dentes do fundo.

Olhando um sorriso de frente, e avaliando em perspectiva, os dois dentes centrais devem ser ligeiramente maiores, os laterais um pouco menores, os caninos ainda um pouco mais, e assim por diante ate chegar aos molares, que são os últimos dentes.

Quando isso não acontece, ou seja, os dentes da frente são mais curtos que os do fundo, ou mais curtos que os caninos, por exemplo, nos dá um aspecto envelhecido.

Ao envelhecer, nosso dente geralmente desgasta, portanto quando a curva esta desrespeitada, o nosso inconsciente interpreta como “sorriso velho”. Dente curto, dente desgastado, paciente velho. Não parece, mas é assim que pensamos… sem nos dar conta. A fuga dos padrões ideais de alinhamento e proporção nos parece feio.

Assim como o sorriso invertido, os dentes amarelados também pode envelhecer a pessoa. Normalmente esses dois fatores vêm somados, e devem ser corrigidos juntos.

É preciso contornar esses problemas para gerar rejuvenescimento. O grande artifício para tratar o sorriso invertido é trabalhar as curvas do sorriso. Devolver através da odontologia restauradora a curva correta, o tamanho correto dos
dentes.

Fazemos essa transformação normalmente com porcelanas, mas também podem ser usadas as resinas compostas diretas.

Reanatomizamos os dentes anteriores para devolver o tamanho correto e consequentemente a curva natural.
Os dentes da frente um pouquinho mais longos indo até os do fundo, cada vez um pouco mais curtos, de forma ascendente. Só de devolver essa proporção correta já rejuvenescemos o paciente. Por mais que tenham sido poucos elementos alterados.

Muitas vezes eu só mexo nos quatro dentes superiores da frente e já há uma diferença incrível. O paciente está mais jovem por não ter mais o “dente desgastado”.

Associado ao clareamento dental então, isso fica ainda mais real. A curva do sorriso invertido é um dos grandes fatores para a transformação do sorriso, algo muito simples de resolver, e capaz de trazer um grande rejuvenescimento.

Se você tem sorriso invertido, ou não sabe se tem, podemos cuidar do seu caso e proporcionar mais jovialidade e beleza para você sorrir sempre! Agende uma avaliação:

19 3377 7932

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *