Skip to main content

Tipos de Porcelana nas Lentes de Contato Dentais

 

Hoje eu queria explicar pra vocês sobre os tipos de porcelanas usadas nas lentes de contato dentais. Existem diferentes tipos de porcelana e técnicas que podemos utilizar para confeccionar as porcelanas, sejam elas facetas de porcelana, coroas de porcelana ou até mesmo as lentes de contato dentais.

O que diferencia são ou o tipo da cerâmica ou a técnica de confecção. Cada uma delas temcomo resultado uma coloração especifica, além da naturalidade alcançada.

As técnicas mais usadas são as técnicas fresadas, normalmente finalizadas após um projeto digital. Você pode conferir sobre esse assunto aqui no blog.

Para provar um projeto precisamos de um enceramento diagnóstico. Ele pode ser em cera mesmo, que também pode ser chamado de enceramento analógico; ou totalmente digital.

Após ser pré-aprovado pelo dentista como um mockup, que é a prova da estética final na boca do paciente, (já falamos aqui outras vezes), ele é digitalizado, no caso do analógico, e sendo assim um arquivo de computador, é enviado para uma máquina, e essa máquina, uma fresadora, fresa essas peças de porcelana.

O resultado disso são as facetinhas uma a uma. Essa é a técnica mais comum de ser usada porque ela é rápida de se fazer e depende apenas da máquina. Então a partir de um enceramento pré-aprovado pelo dentista e pelo paciente, a máquina vai fresar exatamente o combinado. Essa máquina fresa um bloquinho de cerâmica rígido, um bloquinho pronto, e ele tem várias cores, que foram acordadas previamente com o paciente.

Por isso, pode ter uma tonalidade bem branquinha ou pode ter um tom mais amarelado. Desses bloquinhos existem várias marcas, vários tipos de porcelana, e é isso que manda na cromatização dessas cores. Cada cor pode ter uma nuance mais para o cinza ou opaca. O que manda nessa nuance, na verdade, é a marca do bloquinho escolhida pelo laboratório e pelo dentista.

Outra técnica, que eu particularmente gosto muito, são as cerâmicas em refratário. Ela é uma porcelana que é construída desde o zero.

A gente usa também aquele enceramento pré-aprovado porque é um fator imprescindível, mas é o técnico de laboratório que vai esculpir esse dente do zero. Ele vai utilizar como base a guia do enceramento aprovada e a partir deste guia ele vai moldar as porcelanas, essas lentes de contato, uma a uma. Então ele acrescenta um pó e um líquido, que vai virar a porcelana molinha, esculpe e ela queima e endurece no forno.

Essa técnica está aos poucos caindo em desuso, por ser uma técnica muito delicada. Não é todo mundo que domina fazer esse tipo de técnica, mas, na minha opinião é a que tem o resultado mais bonito e mais natural.

Existe também uma terceira opção que associa as duas técnicas: a técnica que é feita no computador com o toque final do técnico de laboratório. Na verdade não é bem uma associação das duas técnicas, mas seria essa soma do que a máquina faz com uma maquiagem à mão do próprio técnico de laboratório. Isso traz mais naturalidade para as peças que são feitas pela máquina. Um toque pessoal do técnico artesão.

A grosso modo, as lentes de contato são todas feitas de porcelana, mas cada técnica e cada marca de porcelana vai diferenciar a naturalidade, a transparência e a translucidez. Quanto mais a gente consegue ter naturalidade melhor. A textura que é dada na superfície também é muito importante… Tudo isso acaba dependendo do toque do artista, que é o técnico de laboratório; ou o toque do dentista, que escolhe uma ou outra técnica pra fazer cada caso. Basicamente, nós temos diversos tipos de técnicas onde cada dentista tem sua preferência.

Eu, particularmente, trabalho com as três técnicas, mas gosto muito do refratário e procuro escrever sempre nos meus posts qual foi utilizada. Assim, vocês que tiverem interesse poderão diferenciar cada uma delas.

Espero que vocês tenham gostado de saber sobre os diferentes tipos de porcelana nas lentes de contato dentais. Entre em contato com a Clínica Renata Avighi, em Piracicaba e transforme o seu sorriso:

19 3377 7932

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *