Skip to main content

Qual a influência do bruxismo na lente de contato dental?

alicate com uma lente de contato dental e outra lente ao lado

Hoje nosso tema é a influência do bruxismo na lente de contato dental.

É cada dia mais frequente o diagnostico de pacientes com quadro de apertamento ou de bruxismo. O bruxismo é o ato de ranger os dentes e o apertamento é o de apertar os dentes mais comumente durante a noite, mas também pode aparecer durante o dia, pelo estresse do cotidiano.

As duvidas mais constantes dos pacientes são:

Pacientes bruxistas ou apertadores podem ou não fazer as lentes de contato dentais?

Essa é uma dúvida comum quando propomos a reabilitação oral para pacientes que desgastaram seus dentes por esses hábitos parafuncionais.

Seja ele um caso boca inteira ou um caso focado em estética, ou seja, alguns elementos anteriores.

Há pacientes que já desgastaram os dentes por conta do bruxismo severo, outros que apenas tiveram um pouco de desgaste e ainda os pacientes que vão simplesmente fazer uma transformação estética na região anterior.

Mesmo quando reabilitamos apenas a região anterior, eles questionam sobre a durabilidade do tratamento, afinal de contas os dentes já foram desgastados anteriormente durante o ranger, porque não desgastariam as porcelanas da mesma maneira?

Então o que eu explico para o paciente é que assim como ele desgastou os dentes ele pode sim, e provavelmente vai, desgastar as porcelanas. Então o ideal é protegê-las.

Uma das alternativas que eu mais faço na Clínica Renata Avighi é a placa de mordida.

Ela deve ser usada pelo menos durante a noite e ajuda a preservar esse trabalho por mais tempo.

Uma outra alternativa,  para um paciente que não consegue se acostumar com as placas de mordida é a aplicação do botox. Já falamos aqui no blog sobre os músculos responsáveis pela contração nos quadros de bruxismo.

Por isso, indicamos a aplicação nesses músculos contratores, impedindo o paciente de apertar ou ranger. Dependendo da severidade de cada caso associamos também com a placa. Assim garantimos um trabalho bonito por mais tempo.

Então, não é que eu não indico o trabalho de lente de contato dental e/ou  reabilitação para o paciente que range, muito pelo contrario, esses são os que mais eu indico e merecem! Mas eu acho que para garantir a durabilidade precisamos proteger o sistema desse impacto que não vai cessar.

Outra dúvida muito constante também é que para esse tipo de paciente a reabilitação ou transformação mais indicada é a realizada com as resinas compostas. Mais uma coisa que eu discordo. A lente de contato dental é um tratamento que dura mais, a porcelana é muito mais resistente ao impacto que as resinas compostas.

Portanto, se eu tenho um paciente que range, aperta, que coloca uma força involuntária sobre os

dentes, porque eu usaria nele um tipo de material mais frágil como a resina?

Exatamente pelo fato de ele ser um paciente apertador é que eu devo indicar para ele um tipo de tratamento mais adequado e mais resistente que são as porcelanas e não o contrário.

Então para um paciente bruxista eu indico as lentes de contato e contraindico as resinas em muitos casos. Sempre protegendo o sistema do impacto com as placas relaxantes acrílicas e a aplicação do botox, uma solução confortável e o paciente tem uma aceitação melhor em muitos casos.

Espero ter esclarecido mais uma dúvida para vocês. Transforme o seu sorriso, entre em contato com a Clínica Renata Avighi, em Piracicaba:

19 3377 7932

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *